Translate

sábado, 10 de maio de 2014

A primeira mulher da minha vida






fotografia de O.Heinze














 Minha mãe Zuleika



Certo dia
eu conheci uma mulher
de dentro para fora.
Senti bem de perto
seus pensamentos, sonhos,
medos e alegrias.
O retumbar de seu coração
em compassos diferentes
dependendo da sinfonia da vida.
Até o dia em que ela avisou-me
que não poderíamos ficar tão ligados.
Pôs-me para fora de sua casa,
me olhou com olhos de lágrimas
e um sorriso bastante cansado.
Então a conheci também
de fora para dentro.
Essa mulher foi meu castigo,
mas igualmente tanta felicidade.
Bem que tentamos viver longe,
mas nossos corações nunca separaram.
Essa mulher especial da minha vida
tem o nome mais comum do mundo,
o nome dela é apenas mãe.

Um comentário:

Clau Assi Poesias disse...

Poesia!!!
Comecei bem a quarta-feira.
Que linda homenagem!!!

Beijo ternurento
Clau Assi