Translate

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

fotografia de O.Heinze

A borboleta e a sombra / por O.Heinze
Não ter que fazer da vida
é filosofar na borboleta colorida
voando num dia ensolarado
enquanto sua sombra esquecida
se arrasta no cimentado
talvez tentando reviver
o tempo de lagarta, passado!...
Ora, que bobagem a minha!
Borboletas não contam dias.
E suas sombras então?!
Nem imaginam quê são...
Se sequer um dia voarão...

2 comentários:

Corina Sandri disse...

lindo??
aproveitou a borboleta que apareceu no seu quintal né..amei....
parabens poeta..
bju

Osvaldo Heinze disse...

Pois é, amiga linda!
Bj também para ti!