Translate

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Jardim de sol / por O.Heinze

Borboleta no chão
asas já desfazendo
é hora da partida.
Para onde voarás agora
depois de ter passeado
por toda minha poesia?
Haverá lugar além
desta atmosfera de amor
com igual ou maior vida?
Desejo que sim!
Que possas renovar tuas cores
em flores a perder de vista.
Que tua liberdade
seja ainda mais leve
e a tua doçura de alma
a própria eternidade.
Mas se te sentires só
voltes para meus sonhos
naquele sempre jardim de sol.



Foto de O.Heinze

Um comentário:

Clau Assi Poesias disse...

Aproveitando a noite de domingo para saborear teus versos.

Encanta-me.

Beijos ternurentos
Clau Assi