Translate

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Ressurreição / por O.Heinze

As flores estampadas
neste jornal antigo
já estão desidratadas
pelo tempo de castigo.

Nem sei em pastel
qual cor mais triste
o cinza no céu
ou já no jornal
o amarelo que existe.

Eis que a chuva cresce.
Cubro-me com o jornal
que, penso, agradece
em absorver o temporal.

Quando acho um abrigo
e chacoalho o jornal
quem creria nisso???
Do jornal escorrido
caíram flores com viço...

Um comentário:

Luluk214 disse...

Nossa, espetacular suas crônicas..Parabens!

preciso de alguem para e ensinar a escrever melhor, pois meu sonho é ser ornalista..um Abrço luciana rodrigues do gosto de ler