Translate

sábado, 19 de julho de 2014

Dia de Gente

video
Samba "Dia de gente" de O.Heinze. Concorrendo com uma vaga no EXPOSAMBA.



Dia de Gente
(letra)

Có có có coró có có
canta o meu despertador
o sol nem nasceu e ó
puxam o meu cobertor.

Boto café pra coar
hora de ir trabalhar
a dispensa tá vazia
tenho que ganhar o dia.

Bato a pé meia hora bem puxada
pra chegar a ferrovia
que essa hora tá lotada.

No trem já não cabe mais ninguém
mas não sei com qual magia
de repente entro também.

Tché tché tché tcheré tché tché
segue mole o vagão
se eu levantar o pé
não encontro mais o chão.

E depois de três paradas
minha blusa tá suada
com meia hora rodada
já tem gente desmaiada.

Chegamos à última estação.

Muita gente tá amassada
muita gente tá com embrulho
pouca gente dá risada
muita gente faz barulho
sobe escada, desce escada
tem que engolir o orgulho
lá fora fila dobrada
pro tal ônibus bagulho
e  na hora atrasada
chegar na firmado entulho.

Pá pá pá pará pá pá!
Bate na mesa o patrão.
-Tá atrasado ô rapá!
Grita ele com razão.

E pra salvar o meu dia
vou jogar na loteria.
Vivo de um só salário
mas sonho ser milionário.

Vivo de um só salário
mas sonho ser milionário.

Vivo de um só salário
mas sonho... Ser milionário.

Ser milionário.
Ser milionário.
Ser milionário.


Osvaldo Heinze

Um comentário:

Clau Assi Poesias disse...

Saboreando poesias, justificando minhas ausências e te convidando a comemorar o aniversário do meu blog!
Venha, alegre-se comigo!
Te aguardo para uma visita!!

beijo ternurento
Clau Assi