Translate

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Feito prece

Num improvisado vaso
de litro de leite
neste dia do acaso
mergulhei flores de enfeite

dessas achadas no mato
para alegrar minha mesa
e me encantar enquanto cato
saudades com leveza

que voam além das telhas
soltas lá no passado
iguais a essas abelhas
procurando bom melado.

Se asas eu tivesse
não quereria ser anjo
voaria feito prece
nesse amor que esbanjo

retornando naquele instante
cheio de vida e amor
e brilhante igual diamante
colheria você mulher flor...

2 comentários:

San_flower disse...

Delícia ver essas "engenhosas" misturas que você constrói, você é um cara de mil e uma faces, que talvez por isso impossível ser somente um, é essa montanha de habilidades e inspirações que se unem, se colam e se traduzem de forma criativa e plástica através de seus belos poemas, pensamentos, criações, sua arte é um pedaço de cada você.
Começando mais uma década, te desejo todo o tempo do mundo pra você poder espalhar aos 4 ventos todo esse sonho que cresce dentro de você. Saúde, paz, amor no coração,
Que Deus te guie e ilumine tuas mãos e mente.
Beijão
San

Amanda do mato disse...

que lindo, osvaldo, que lindo