Translate

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Palhaço Pinóquio / por O.Heinze

Ha! Ha! Ha! Que piada!
Rio de mim mesmo.
Na praia sou torresmo
com cor de goiabada.

Chamar a atenção é good!
Meu ego quase derrete.
Cansei de puxar charrete
de ser chamado de grude.

Quem dá as cartas sou eu.
Agora dou preferência.
Nem tenho mais carência
pois mando no que é meu.

Ha! Ha! Ha! Que vida boa!
Quê? Que nariz vermelho?
Ora, vá se olhar no espelho!
Tua inveja ri atoa.

Desarticulei de tudo.
Vou viver de ar.
Montem o bilhar
achem o jogo de ludo.

Uhu! Estou tão contente.
Viva a liberdade!
Esqueci minha idade.
Solidão sai da frente!

Um comentário:

Abraão Vitoriano de Sousa disse...

eita que aqui navego
e em excesso...
é bom viu?!
abraços!